Sindicalista alerta para perda de direitos dos trabalhadores

 Sindicalista alerta para perda de direitos dos trabalhadores
Digiqole Ad

O processo de reforma da Previdência Social tenta desmontar o conceito de solidariedade entre gerações. A geração que trabalha, produz e arrecada para beneficiar quem não tem mais força para o trabalho e assim sucessivamente, disse Cláudio Machado, do SINSPrev – SP. O sindicalista barretense assessorou encontro de formação da Coordenação Metropolitana da Pastoral Operária que refletiu sobre a Reforma Previdenciária. A reunião aconteceu no sábado (10), na Casa da Solidariedade, em São Paulo.

Segundo Machado, os últimos governos retiraram mais de 50 direitos dos trabalhadores sem fazer qualquer reforma na Previdência Social. “Querem transformar o conceito de solidariedade em capitalização, onde só tem direito quem pagou a contribuição. Quem não pagou, não recebe nada.O sistema capitalista não comporta o conceito de Seguridade Social.” – frisou.

O sindicalista disse que o atual governo está cogitando um plano de saúde para todos os brasileiros. “Mas vão retirar direitos.” – ressaltou. Outra preocupação dos dirigentes sindicais é a reforma trabalhista em que a negociação vai prevalecer sobre a lei. Ele defendeu um debate nacional sobre a questão, principalmente com a juventude que mais vai sentir o problema no futuro.

Digiqole Ad

Redação

Relacionado

Deixe um comentário

Ops, você não pode copiar isto!