Alan de Souza, de Taubaté-SP, é o campeão do Rodeio de Barretos 2021

 Alan de Souza, de Taubaté-SP, é o campeão do Rodeio de Barretos 2021
Digiqole ad

O competidor Alan de Souza é o campeão da montaria em touros do Rodeio de Barretos 2021, programação que integra a Live “Barretos ontem, agora e pra sempre”. Ele ganhou o título ao conquistar 256,75 pontos, em uma disputa emocionante ao montar na final o touro Rascunho, da boiada Scatolin.
Alan de Souza é irmão gêmeo de Alisson Souza, que foi campeão do Rodeio de Barretos de 2017. “Sonho realizado, eu sempre quis ganhar este rodeio, nesta arena”. E, ainda, mandou um recado para o irmão: “Alisson, agora também posso ser bicampeão!”, declarou, o atleta.

Montaria da Vitória
Alan participou, ainda no domingo, da Montaria da Vitória, uma ação organizada por Os Independentes em prol do Hospital de Amor de Barretos, importante instituição que presta atendimento gratuito a pacientes de todo Brasil diagnosticados com câncer.
O competidor vencedor teria o direito de desafiar o touro Perturbado, da Cia Bananinha, em busca do prêmio de R$ 20 mil.
Se permanecesse os oito segundos, o atleta receberia R$ 10 mil e os outros R$ 10mil iriam para o Hospital de Amor, em uma ação patrocinada pela EcoPower Energia Solar e pelo Sicoob. Alan venceu pela segunda vez na noite, consagrando-se também campeão em solidariedade ao doar parte da sua premiação para a instituição. “Só tenho a agradecer a Deus, que me dá forças para correr atrás dos meus sonhos”, disse após a Montaria da Vitória.

Cutiano – Barretense leva a fivela de campeão
Thiago Mega, de Barretos, conquistou o título, com a nota de 90,50, montando o cavalo Lembrança, da Cia WR, e celebrou com a família a vitória. “Agradeço demais, eu como filho e neto de competidor, sempre quis este título, por mim mesmo, estou muito feliz!”, declarou.

Team Penning
O trio de Team Penning formado por Bruno Valente, Fabrício Stuk e Alisson Gouveia, de São José do Rio Preto, conquistou o título de campeão da categoria aberta (profissional). Os competidores venceram a prova com o tempo de 25s594. “Conseguimos mais essa conquista. É um sonho realizado. Treinamos juntos há mais de 7 anos e a confiança do trio é tudo para essa vitória.” – afirmaram os competidores.
Já pela categoria amador, a prova foi vencida pelo trio Caio Muzetti (Barretos-SP), Caio Brandão (Batatais-SP) e Nivaldo Franco (Campina Verde-MG). O trio demonstrou versatilidade para mover os bois pré-selecionados dentro do curral. O tempo campeão foi de 23s782.
“Tivemos a felicidade de consagrarmos campeões do Barretão. A conquista é fruto de disciplina no treino, foco e fé.” – conta Nivaldo Franco.
O Team Penning contou com 117 trios competidores e mais de 1.500 passadas em três dias de eliminatórias.

Três Tambores
Ana Carolina Cardozo confirmou o favoritismo e conquistou o título da prova dos Três Tambores, da categoria 1 D. A amazona de Araraquara-SP comemorou seu terceiro título da modalidade em Barretos. Ana Carolina foi campeã em 2016, 2019 e agora em 2021. A competidora manteve a regularidade nas três passadas e completou a prova com tempo recorde de 16s712.
Emocionada pela conquista, Ana Carolina Cardozo exaltou a parceria com o cavalo Cromo. “Só tenho a agradecer a Deus por ter colocado esse cavalo em minha vida. Estou muito feliz por essa conquista. Você pode ganhar todos os títulos, mas nada se compara como ganhar em Barretos.” – afirma.
A arena de rodeio recebeu mais duas competições das provas de Três Tambores. Pela categoria 2 D, a amazona Maria Manoela Arantes, de (Matão-SP), foi a campeã da modalidade com o tempo de 17s354. Na categoria mirim dos Três Tambores, o título ficou com a competidora Clara Gonçalves Silvas, de 10 anos de idade. Natural de Itapagipe-MG, a competidora foi a melhor da noite com o tempo de 17s491.

Live 2021
A Live “Barretos ontem, agora e pra sempre” teve mais de 50 horas de duração, incluindo na programação eliminatórias e finais de provas cronometradas de Três Tambores e de Team Penning, além das montarias em touro pela etapa da PBR Brazil e pelo Rodeio de Barretos e o rodeio estilo Cutiano.

No final da Live 2021 ainda foram homenageados:

  • Melhor Tropa: WR.
  • Melhor Animal Cutiano: empate entre Comissário e Lembrança, da WR.
  • Melhor Boiada: Big Boi
  • Melhor Touro: Fascinante (Big Boi)
Digiqole ad
Redação

Redação

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta