Ambulatório de Obesidade atende pelo menos 60 pacientes após inauguração

 Ambulatório de Obesidade atende pelo menos 60 pacientes após inauguração
Digiqole Ad

Recém-inaugurado há menos de um mês, o Ambulatório de Obesidade de Barretos, já atendeu pelo menos 60 pessoas, apresentando resultados positivos. Localizado na Avenida Sacadura Cabral, no bairro América, funciona como um núcleo de tratamento da obesidade, para adultos e crianças, encaminhados pelas Unidades Básicas de Saúde, com IMC igual e/ou maior que 30, que apresentem doenças crônicas associadas ao diabetes, hipertensão, dislipidemia. Para isto conta com uma equipe multidisciplinar formada : educador físico, nutricionista, psicólogo, endócrino infantil e nutrólogo.

Segundo o educador físico, Tadeu Almeida Cardoso, os primeiros retornos apresentaram bons resultados. Tivemos pacientes que eliminaram de 1 a 3,2 quilos em menos de um mês. Tadeu destaca ainda que este novo ciclo de vida dos pacientes reduz consideravelmente  as dores articulares e ajuda a prevenir doenças como como o diabetes, e as cardiovasculares como a hipertensão. “O objetivo é tratar as doenças que contribuem para a obesidade e assim, garantir uma perda de peso gradativa.” – explicou

Os atendimentos são prestados às segundas-feiras com o educador físico e nutrólogo, nas terças com psicóloga e nutricionista, e nas sextas com o endócrino infantil. Os pacientes são acolhidos no Programa pela equipe de enfermagem com posterior encaminhamento  à equipe multidisciplinar. Com o nutrolgo é feita a solicitação de exames complementares, classificação da obesidade e conduta terapêutica. Com endócrino infantil é feita a solicitação de exames complementares e conduta terapêutica. Com o psicólogo  para fornecer apoio emocional, promover a integração psicossomática e trabalhar a subjetivação da alimentação. Com a nutricionista para avaliação nutricional e prescrição dietética e  profissionais de Educação Física  para atividade física monitorada na Unidades Básicas de Saúde, complementando a intersetorialidade do projeto.

Os atendimentos são realizados individualmente ou em grupos, e a programação dos retornos é individualizada e conforme as necessidades do paciente e planejamento da equipe. Segundo o secretário Municipal de Saúde, Alexander Stafy Franco, essa foi mais uma grande conquista da saúde pública de Barretos. “Com o tratamento o obeso ganha em saúde e qualidade de vida, por meio de pequenos gestos com reeducação alimentar, ganho de autoestima e atividade física monitorada.” – salientou.

Digiqole Ad

Redação

Relacionado

Deixe um comentário

Ops, você não pode copiar isto!