Prorrogado o cadastramento de agentes e espaços culturais

 Prorrogado o cadastramento de agentes e espaços culturais

Companhia de Reis do Brejinho canta diante do presépio na Capela da Lagoinha. Foto Aquino José

Digiqole ad

O prazo para realização do Cadastro Municipal da Cultura de Barretos foi prorrogado até o dia 11 de setembro, para proporcionar maior acesso aos agentes culturais e responsáveis por espaços culturais. O cadastro é responsável pelo mapeamento cultural da cidade, para melhor implementação das políticas públicas no setor e pode ser realizado pelo site barretos.sp.gov.br/cultura, clicando nos links CADASTRO DE ARTISTAS E PROFISSIONAIS DE CULTURA DE BARRETOS / SP e/ou CADASTRO DE ESPAÇOS CULTURAIS E ARTÍSTICOS DE BARRETOS / SP ou pelo Facebook da Secretaria Municipal de Cultura de Barretos. O cadastramento é gratuito.
Podem ser compreendidos como espaços culturais todos aqueles organizados e mantidos por pessoas, organizações da sociedade civil, empresas culturais, organizações culturais comunitárias, cooperativas com finalidade cultural e instituições culturais, com ou sem fins lucrativos, que sejam dedicados a realizar atividades artísticas e culturais, tais como:

  • pontos e pontões de cultura;
  • teatros independentes;
  • escolas de música, de capoeira e de artes e estúdios, companhias e escolas de dança;
  • circos;
  • cineclubes;
  • centros culturais, casas de cultura e centros de tradição regionais;
  • museus comunitários, centros de memória e patrimônio;
  • bibliotecas comunitárias;
  • espaços culturais em comunidades indígenas;
  • centros artísticos e culturais afro-brasileiros;
  • comunidades quilombolas;
  • espaços de povos e comunidades tradicionais;
  • festas populares, inclusive o Carnaval e o São João, e outras de caráter regional;
  • teatro de rua e demais expressões artísticas e culturais realizadas em espaços públicos;
  • livrarias, editoras e sebos;
  • empresas de diversão e produção de espetáculos;
  • estúdios de fotografia;
  • produtoras de cinema e audiovisual;
  • ateliês de pintura, moda, design e artesanato;
  • galerias de arte e de fotografias;
  • feiras de arte e de artesanato;
  • espaços de apresentação musical;
  • espaços de literatura, poesia e literatura de cordel;
  • espaços e centros de cultura alimentar de base comunitária, agroecológica e de culturas originárias, tradicionais e populares;
  • entre outros espaços e atividades artísticos e culturais.
    Todas as informações fornecidas pelos agentes culturais estão sujeitas a comprovação com documentos, sendo de total responsabilidade legal a veracidade dos dados informados, cada pessoa, instituição ou empresa poderá se cadastrar uma única vez. Além de informações básicas sobre documentos e endereço oficial, as entidades e artistas preencherão perguntas específicas sobre a atividade cultural em que atuam.
Digiqole ad
Redação

Redação

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *