Êxodo de atletas de Colômbia para Barretos

 Êxodo de atletas de Colômbia para Barretos
Digiqole Ad

Por falta de opção em Colômbia (SP), atletas, árbitros e treinadores estão atuando na região. A debandada geral tem como destino principal a cidade de Barretos. Como é o caso do goleiro Gilberto Epifânio, 22 anos, aluno do ensino médio na escola estadual Paulina Nunes de Moraes, também localizada no vizinho município.

Para Gilberto Epifânio, embora Colômbia seja uma cidade pequena, ela tem uma safra de bons jogadores. E alguns talentos vão praticar o futebol em Barretos, disputando o campeonato varzeano em equipes da Série A, como por exemplo, a ADPM.

Descoberto pelo Mutirão Santa Cecília, o goleiro atuou pelo clube durante dois anos, em 2013 e 2014. No ano passado, ficou parado. Em 2016, retornou à várzea barretense defendendo o Habitar Brasil. A equipe é a “surpresa” da competição em razão de seu bom desempenho na atual temporada. A agremiação se classificou para a segunda fase do campeonato que reúne a elite do futebol da cidade.

Com uma experiência de sete anos debaixo das traves, Gilberto Epifânio diz que é preciso muita força de vontade e persistência para exercer bem a função. “Mesmo que o time seja limitado, a gente tem que dar o máximo de si em busca da vitória”, enfatiza. Ele destaca que sempre foi muito bem recebido nos times que defendeu a camisa.

Digiqole Ad

Redação

Relacionado

Deixe um comentário

Ops, você não pode copiar isto!