Barretos está próxima da universalização do saneamento básico executado pelo SAAE

 Barretos está próxima da universalização do saneamento básico executado pelo SAAE
Digiqole ad

O município de Barretos dispõe de rede de água e esgoto em quase todo os locais. Isso quer dizer que está próxima da universalização dos serviços que são prestados pelo SAAE (Serviço autônomo de Água e Esgoto).
Com base nos dados populacionais do IBGE relativos ao mês de dezembro de 2020, e os dados cadastrais do SAAE em 31 de dezembro de 2020, podemos informar que Barretos encontra-se em uma situação extremamente privilegiada, pois, a população do município é atendida com 98,70% de abastecimento de água, 97,77% com a coleta e afastamento de esgoto, e 98,89% e coleta de lixo domiciliar. Com relação a infraestrutura interna dos domicílios barretenses, 97,05% possuem estrutura interna adequada.
Os dados apresentados indicam que Barretos atingirá a universalização do saneamento básico no município até o ano de 2022, ou mais tardar em 2023. “Ainda temos alguns pontos da cidade que precisam ser identificados para alcançarmos o 100% dos serviços de saneamento básico. Para identificar esses pontos que precisam ser contemplados, será feito em breve um recadastramento de todos os imóveis de Barretos. Nós, em nível de região e até mesmo de Brasil, somos muito privilegiados, e para chegar a alcançar os 100% o SAAE fará um recadastramento de todos os imóveis do município no intuito de corrigir esses parâmetros que faltam ser contemplados pelos serviços.” – explicou Leone Wilman Filho, Diretor Técnico do SAAE.
Por outro lado, o crescimento vegetativo observado nos sistemas de água e esgoto da maioria das cidades brasileiras de mesmo porte que Barretos é de 1 a 2% ao ano. Para o ano de 2021 e 2022 espera-se que Barretos tenha um crescimento da ordem de 5% devido a entrega das casas da Pacaembu e dos novos loteamentos que estarão liberados para venda nestes anos.
O SAAE trabalhará com afinco e transparência para manter as conquistas em saneamento e universalizar os serviços o mais rápido possível.
“Com base em dados poderemos atender às pessoas nas suas necessidades básicas como é o saneamento.” – disse a prefeita Paula Lemos.

Digiqole ad
Redação

Redação

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta