O lockdown de mentira

 O lockdown de mentira
Digiqole ad

NINGUÉM AGUENTA
Até quando vai permanecer esse lockdown de mentira? Até quando ficaremos de olhos fechados? Os setores que têm lobby forte estão abertos e enriquecendo. O pequeno comerciante sofre há muito tempo. É preciso agir com diálogo e transparência com os setores.

ABRE OU FECHA
É preciso haver união entre governos em um plano nacional de combate à pandemia. Abertura gradual dos setores, escalonamento de horários para o comércio e revezamento de dias de semana para tipos de lojas. Precisamos de organização e não de abre e fecha.  

É PROIBIDO FUMAR
O projeto de lei do vereador Ricardo Rocha, o “Bodinho” (Progressista) de proibir o fumo em parques infantis é bem-vinda e serve para retomar a discussão sobre o uso de cigarros em locais públicos. No entanto, a dificuldade na implementação da lei pode levar a “efetividade nula”, pois, afinal de contas, quem vai fiscalizar?

SEMANA DE CONSCIENTIZAÇÃO 1
Vereador Paçoca (SD) votou contra a criação da “Semana da Cidadania LGBTQI+”. No entendimento dele, a “sociedade precisa ser ouvida” através de audiência pública. Afirmou não ter preconceito e nada contra ninguém. Lamentou que não pode discutir com representantes de religiões. Ainda votaram contra Fabricio Lemos (PSL) e Raphael Oliveira (PRTB).

SEMANA DE CONSCIENTIZAÇÃO 2
Os vereadores estão preocupados que as palestras orientativas irão “influenciar” as crianças a se tornarem gays, lésbicas ou transexuais. Ângelo Tegami (PV) afirmou que não quer ‘penetração’ dentro de escolas e que “se tiver bagunça a gente volta atrás”. 

SEMANA DE CONSCIENTIZAÇÃO 3
O projeto de lei é de autoria do ex-vereador Raphael Dutra (PSD) e teve forte apoio da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). Na semana de 17 de maio de todos os anos, a prefeitura promoverá palestras, debates e atividades com o objetivo de promover direitos e combater a homofobia. Carlão do Basquete (PSD) se manteve ausente da votação.

FOME NA PANDEMIA
Falando em audiência pública, espera-se que o Legislativo promova reunião virtual para discutir medidas de combate à fome em Barretos decorrente da situação de emergência provocada pela pandemia.

CONTRA O CAOS NA SAÚDE
A população aguarda que a Comissão de Saúde composta pelos vereadores Angelo Tegami (PV), Fabrício Lemos (PSL) e Vagner Chiapetti (Republicanos) promovam Audiência Pública para discutir a elaboração de um plano estratégico para abastecimento de oxigênio nas unidades de saúde do município.

CASA DOS IDOSOS
Adilson Ventura (PL) pediu a construção da segunda unidade do Centro Dia do Idoso no bairro Santa Cecília. A sugestão é prevenir situações de risco pessoal e social dos idosos.

PROCURA-SE O ENGENHEIRO
A fonte luminosa instalada na Praça Francisco Barreto no final de 2020 está desativada. Instalada entre os quiosques de lanches e a antiga biblioteca, nota-se que não houve planejamento para a construção. Um cadeirante não passa de um lado para outro da praça.

OUVINDO A POPULAÇÃO
A Ouvidoria da Câmara Municipal de Barretos registrou apenas 09 solicitações em 2020, sendo que 08 foram respondidos e 01 negado. Consta que 70% dos registros são sugestões.

DISSE “SIM”
Rodrigo Garcia (DEM) negociou sua ida para o PSDB. O vice-governador do Estado de São Paulo revela sua tentativa de substituir João Doria (PSDB) nas eleições de 2022. Agora tentam convencer Geraldo Alckmin a disputar o Senado ou a Câmara.

LOBBY FEDERAL
Jair Bolsonaro jantou quarta-feira (7) com empresários de grandes conglomerados que querem vender seus lobbies. E depois cobram juros altíssimos, assim como fizeram com Collor, FHC, Lula, Dilma e Temer. Entre os lobbies está a reforma tributária a favor dos seus setores.

Igor Sorente é jornalista e escreve semanalmente para a coluna. 

Digiqole ad
Igor Sorente

Igor Sorente

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta