26 de Março de 2020 às 12:13

CPFL suspende corte de energia para inadimplentes com baixa renda


A CPFL Energia decidiu no final desta terça-feira (24) suspender, temporariamente, o corte de energia elétrica do clientes inadimplentes com baixa renda financeira durante a pandemia de coronavírus. Essa decisão ocorreu após a ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovar uma série de medidas a serem implementadas pelas empresas distribuidoras de energia, para garantir a continuidade dos serviços por conta da pandemia do novo coronavírus.

A medida vale para os clientes residenciais urbanos e rurais, incluindo aqueles cadastrados no benefício de baixa renda, além de serviços e atividades consideradas essenciais, conforme a legislação, entre eles hospitais. A medida não contempla outras classes de clientes.

Em nota oficial, a empresa alertou para o acúmulo de contas, uma vez que as medidas da ANEEL são temporárias, com prazo de término definido em 22 de junho de 2020.

Com isso, após o prazo, cobranças de débitos terão incidência de juros e multas e serão passíveis de corte de energia em caso de não pagamento. Além disso, a negativação do cliente inadimplente em cadastros de crédito continua sendo permitida e utilizada pela companhia.  

Outra medida definida pela ANEEL foi a permissão para que as distribuidoras realizem leituras do consumo em intervalos diferentes do usual ou mesmo que não façam. Nesse caso, será considerada a média aritmética do consumo nos últimos 12 meses.

Outra medida temporária estabelecida pela ANEEL foi a suspensão do atendimento presencial ao público, para evitar a aglomeração em postos de serviços e preservar a saúde dos colaboradores e clientes (ação já adotada pela empresa desde 20 de março).

Fonte: Igor Sorente

Publicidade

Fale com a gente pelo e-mail

contato@jornalosertanejo.com.br
Participe com sugestões, dicas, comentários e denúncias.

Enquete

Resultados

Podcasts

Publicidade
Publicidade