30 de Julho de 2019 às 18:26

Mais de 400 testes foram realizados na campanha “Hepatite Zero”


Os frequentadores do Atacadão aproveitaram para fazer suas compras e também o teste para Hepatite C. O Rotary Club de Barretos, juntamente com a ABPH (Associação Brasileira de Portadores de Hepatites) e a Secretaria Municipal de Saúde, realizaram um mutirão de testes rápidos de Hepatite C, entre os dias 24 e 27 de julho, direcionado para homens e mulheres com mais de 40 anos.

Ao longo dos quatro dias foram realizados 480 testes, um deu positivo. O representante do Rotary, Lucas Mustafá, ressaltou a importância da campanha. "A Hepatite C tem cura, então quanto antes saber do resultado mais rápido e eficiente será o tratamento". Segundo o Ministério da Saúde, estima-se que 500 mil pessoas tem a doença e não sabem. Mais de 70% (23.070) dos óbitos por hepatites virais são decorrentes da hepatite C, seguido da hepatite B (21,8%). O SUS oferece tratamento para todos, independentemente do grau de lesão do fígado.

A hepatite C tem cura em mais de 90% dos casos, quando o tratamento é seguido corretamente. A hepatite B tem tratamento e pode ser controlada, evitando a evolução para cirrose e câncer. Em crianças, a vacina da hepatite B é dada em quatro doses: ao nascer, 2, 4 e 6 meses. Para os adultos que não se vacinaram na infância são três doses a depender da situação da vacina. É importante que todos que ainda não se vacinaram tomem as três doses que estão disponíveis em todas as UBS (Unidade Básica de Saúde). 


A campanha é mundial

A "Hepatite Zero" é a maior campanha do mundo voltada para a doença, sendo realizada pelo Rotary simultaneamente em 50 países, de dois continentes – África e Américas. As testagens foram realizadas nos 26 Estados e também no Distrito Federal.

Fonte: Igor Sorente

Publicidade

Fale com a gente pelo e-mail

contato@jornalosertanejo.com.br
Participe com sugestões, dicas, comentários e denúncias.

Enquete

Resultados

Podcasts

Publicidade
Publicidade