23 de Julho de 2019 às 18:12

IRCAD promove curso inédito de cirurgia minimamente invasiva do esôfago


Pela primeira vez, o IRCAD América Latina realizará nos dias 17 e 18 de setembro, curso de cirurgia minimamente invasiva para tratamento de câncer do esôfago, doença que ocupa a sexta posição entre as mais incidentes em homens. Grande parte dos casos de câncer de esôfago é provocada por maus hábitos, como má alimentação e uso excessivo de álcool e cigarros. Diagnosticado no estágio inicial, a cirurgia minimamente invasiva no tratamento do câncer pode curar o paciente. Em casos específicos como o Esôfago de Barrett, a cirurgia evita que a doença progrida. 

Estudo da anatomia do esôfago, métodos diagnósticos e sua classificação, tratamento endoscópico, tratamento de doenças como esôfago de Barrett, acalasia do esôfago (distúrbio raro que dificulta a entrada de alimentos e líquidos no estômago), câncer do esôfago e da cárdia, serão alguns dos temas abordados. Haverá também transmissão de cirurgia ao vivo, realizada no Hospital de Amor, quando os cirurgiões poderão esclarecer dúvidas, do auditório, durante os processos cirúrgicos. 

De acordo com o especialista em cirurgias do aparelho digestivo e docente da USP, Bruno Zilberstein, que dirige o curso, a cirurgia minimamente invasiva representa o padrão ouro de tratamento do câncer de esôfago por diminuir significativamente os níveis de complicação e apresentar melhores resultados, tudo comprovado pela ciência. “Será uma oportunidade dos cirurgiões aprenderem os princípios do tratamento, conhecer e aprimorar técnicas mais eficientes.” - disse.

Publicidade

Fale com a gente pelo e-mail

contato@jornalosertanejo.com.br
Participe com sugestões, dicas, comentários e denúncias.

Enquete

Resultados

Podcasts

Publicidade
Publicidade