10 de Março de 2019 às 17:57

Barretos adia festejos por morte de Getúlio Vargas


Presidente Getúlio Vargas morreu na véspera do centenário.

"O município de Barretos completou, no dia de ontem, o 1º Centenário de Fundação. Estava programada para ontem a realização de festejos comemorativos, que foram, todavia, adiados em virtude do luto oficial decretado pela morte do ex-presidente da República." - informava o jornal O Estado de São Paulo na edição de 26 de agosto de 1954.

Embora tivessem sido adiadas as festividades comemorativas do primeiro centenário da fundação, a exposição de animais promovida pela Associação Rural do Vale do Rio Grande foi aberta ao público, denominada de "Primeira Exposição Estadual do Gado Indiano" com predominância das raças Gir e Nelore. 

"Sendo Barretos o centro de uma extensa região cuja atividade principal é a criação e engorda de gado de corte, entenderam os elementos de destaque nos meios econômicos do município que as comemorações do primeiro centenário da cidade não teriam expressão condizente com o seu desenvolvimento se a elas faltasse uma demonstração do que tem sido e do que representa a pecuária para o seu enriquecimento." - diz a reportagem. 

"Desse modo, as entidades promotoras e patrocinadoras, a Associação Rural do Vale do Rio Grande e a Secretaria de Agricultura resolveram que a exposição seria de âmbito estadual no que respeita a participação de espécimes a ser apresentados, mas restrita, na espécie bovina, aos representantes de raças indianas."

Fonte: Igor Sorente/ O Sertanejo Online