28 de Novembro de 2018 às 15:24

Câncer de próstata é o tipo mais comum nos homens


Urologista Alexandre César Santos aponta que campanhas diminuíram o preconceito. (Fonte: Aquino José/ Seven Press)

O mês de novembro é dedicado mundialmente à conscientização e prevenção do câncer de próstata e vem ganhando cada vez mais força com as campanhas do Novembro Azul. Estimativas do INCA (Instituto Nacional do Câncer) apontam 68.220 novos casos da doença entre 2018 e 2019. Desses, 13.772 homens devem vir a óbito em decorrência da doença.

Dada a importância do tema, conversamos com o Dr. Alexandre César Santos, urologista do Hospital de Amor para falar sobre as possíveis causas do câncer de próstata. "O preconceito ao exame de toque já foi maior, mas ainda existe. Graças às campanhas muitos homens tem consciência e em muitas vezes diagnosticamos a doença em fases iniciais." - explica. Na década de 1970, os homens era diagnosticados com a doença em fase avançada. 

Para prevenção do câncer de próstata, o exame de toque e PSA são os usuais. Em caso de suspeita, o paciente é encaminhado para fazer o exame de ressonância magnética para ver qual é a situação da doença. O exame de PSA é feito com a coleta de sangue para detectar precocemente casos de câncer de próstata e outras condições, como a hiperplasia prostática benigna e a prostatite. De acordo com Santos, o exame de PSA não substitui o exame de toque. "É preciso fazer os dois para se chegar na conclusão. O fato de ter um PSA normal não afasta a possibilidade de ter câncer de próstata." - destaca. 

O médico deixa claro que o crescimento da próstata está relacionado ao avanço da idade e não está relacionado com câncer. "Quando começa a ter dificuldades para urinar é sintoma de doença benigna." - esclarece.

Apesar de afetar um número substancial de indivíduos maduros, ele não está necessariamente ligado ao envelhecimento. Vários fatores podem levar ao câncer de próstata, entre eles, antecedentes familiares, alimentação desregrada, pouca exposição ao sol (que causa a deficiência de vitamina D), dentre outros.

Fonte: Igor Sorente/ Seven Press

Publicidade

Fale com a gente pelo e-mail

contato@jornalosertanejo.com.br
Participe com sugestões, dicas, comentários e denúncias.

Enquete

Resultados

Podcasts

Publicidade
Publicidade