08 de Outubro de 2018 às 06:15

Após 16 anos, SP volta a ter segundo turno com Dória e França


João Doria disse que será duro com adversários. (Foto: Aquino José/ Seven Press)

João Doria (PSDB) e Márcio França (PSB) decidirão em segundo turno, no próximo dia 28, quem será o futuro governador de São Paulo. O resultado informava o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com 100% das urnas apuradas que o tucano tinha 6.431.555 votos (31,77%) e o pesebista com 4.358.998 votos (21,53%). Paulo Skaf (MDB) recebeu 4.269.865 votos (21,09%) e ficou em terceiro lugar. 

Essa situação não acontecia desde 2002, quando Geraldo Alckmin (PSDB) derrotou José Genoíno (PT). Nas eleições seguintes, José Serra (PSDB) venceu no primeiro turno, em 2006, assim como o próprio Alckmin em 2010 e 2014.

Com uma diferença de 89 mil votos entre o segundo e terceiro colocados, quando a apuração estava em 98% das urnas, às 22h00 ainda não era possível saber quem disputaria o segundo turno com Doria.

Dória disse que será duro com o adversário. "Contra a esquerda, serei o mesmo João Doria que venceu o PT em São Paulo. Pois a esquerda do Márcio França será derrotada pelos mesmos brasileiros que derrotaram Lula e o PSDB." - afirmou.

No Twitter, França agradeceu o apoio e a "forte arrancada". "Fé em Deus. Quem conhece confia. Muito obrigado pelo grande apoio e forte arrancada. Foi uma virada emocionante e vamos com mais força para Vitória. Aqui tem palavra! São Paulo avança!".


Votos

Em Barretos, João Dória Jr venceu os demais adversários, mas com pouca diferença. Dória ficou em primeiro com 16.003 votos (31,78%), seguido do Paulo Skaf com 15.258 votos (30,30%) e Márcio França com 11.420 votos (22,68%). 

Fonte: Igor Sorente/ Seven Press

Publicidade

Fale com a gente pelo e-mail

contato@jornalosertanejo.com.br
Participe com sugestões, dicas, comentários e denúncias.

Enquete

Resultados

Podcasts

Publicidade
Publicidade