24 de Julho de 2018 às 12:05

Jornalista lança livro sobre boate Kiss


Victor Borges lança livro em Barretos no dia 26 no shopping. (Foto: Aquino José / Seven Press)

No dia 27 de janeiro de 2013 o país acordava com a triste notícia da morte de 242 pessoas, na maioria jovens, que faleceram pisoteadas ou intoxicadas pela fumaça provocada pela espuma que revestia a Boate Kiss em Santa Maria (RS). Passados cinco anos, a tragédia ainda repercute principalmente pela falta de resposta em relação aos culpados.

O escritor Victor Borges, decidiu lançar um livro sobre o desastre "Santa Maria - A tragédia da Boate Kiss", publicado pela editora Anjo, de São Paulo. A obra foi editada em maio deste ano e conta com 189 páginas. E será lançada em Barretos na Livraria Nobel do North Shopping no dia 26 de julho, às 19h00. 

 Foram quase dois anos de pesquisa. O jornalista falou com parentes, sobreviventes e investigadores para tentar contar um pouco deste triste episódio do país. Foram ouvidos inclusive os advogados dos réus. O livro revela os fatos até dezembro de 2017 quando quatro dos réus foram julgados: Elisandro Spohr e Mauro Hoffmann - sócios da boate, e Marcelo Santos e Luciano Bonilha - integrantes da banda que tocava durante a festa. Eles foram condenados à pena de homicídio culposo (quando não há intenção de matar).

 "Os familiares tem uma expectativa de que algo seja feito. O sentimento quando a denúncia foi formulada pelo Ministério Público é de que não atendeu as expectativas dos familiares, porque excluiu alguns agentes públicos. O inquérito policial apontou 28 responsáveis pela morte das vítimas do incêndio, mas apenas oito foram considerados culpados pelo Ministério Público." - destaca.

Borges lembra que a tragédia foi um divisor de águas forçando mudanças na forma de fiscalização das casas noturnas pelo país. "A nossa cultura não é preventiva. Lamentavelmente, esta lei que endureceu a fiscalização só veio após a tragédia. A gente precisa vivenciar tragédias para ver a mudança no mundo legislativo e jurídico." - frisa.

 O livro tem prefácio assinado pelo jurista Luiz Flávio Gomes e está a venda pelo preço médio de R$ 45.

Fonte: Igor Sorente/ Seven Press

Publicidade

Fale com a gente pelo e-mail

contato@jornalosertanejo.com.br
Participe com sugestões, dicas, comentários e denúncias.

Enquete

Resultados

Podcasts

Publicidade
Publicidade