23 de Julho de 2018 às 15:50

Crise ou crescimento, qual sua escolha?


Ano de eleição e é tempo de pensar: crise ou crescimento, qual sua escolha? Para Tarsia Gonzalez, gestora e palestrante, mais de duas décadas de experiência em gestão de pessoas, é hora de fazer uma escolha consciente: vamos sentar e chorar ou vamos arregaçar as mangas e fazer a nossa parte para mudar essa realidade? “Não adianta querer que 50 anos de turbulências sejam resolvidos em 50 dias, temos um longo caminho pela frente, o que não invalida o ânimo para a caminhada”, enfatiza a palestrante, que está prestes a lançar seu primeiro livro, falando exatamente sobre a necessidade de novos líderes no Brasil.

“Se observarmos os últimos anos, temos uma genérica falta de liderança, fruto de uma geração que simplesmente não sabe lidar com conflitos”, exemplifica ela, que complementa: “vemos isso na política, mas vemos também nas empresas e até nas relações familiares, afinal de contas, o macro é apenas um reflexo das nossas muitas individualidades”. Segundo Tarsia, indivíduos enfraquecidos impedem que soluções mais eficazes sejam encontradas: “queremos ser liderados por pessoas idôneas, valorosas e corajosas, e esquecemos que a liderança é feita por pessoas como nós. Se não temos uma imagem de liderança forte nos dias de hoje, precisamos fazer uma reflexão sobre como estamos levando nossa própria vida, educando nossos filhos e de que forma nos sentimos integrados com o meio”.

A gestora lembra da mania que todo mundo tem de falar sobre “governo”, como se ele fosse um organismo destituído da nossa participação: “se é, o motivo é que estamos deixando ser. E, insisto, vejo isso em vários âmbitos da sociedade. O problema é sempre lá fora. Esquecemos que fazemos parte desse grande quebra-cabeça, como peças fundamentais de uma possível, e necessária, mudança”. Tudo parece muito intangível? Tarsia revela: “nós fazemos ser assim. Não é. Quando queremos, realizamos, desde um simples desejo, até mudanças maiores. Mas mudar dá trabalho, é preciso disciplina, comprometimento. Quantas pessoas comprometidas com algo que seja mais amplo, de um nível social, você conhece nos dias de hoje?”.

Rumo às eleições, Tarsia lançou recentemente a palestra “Onde Estão os Coração Apaixonados pelo Brasil?” e lembra que é preciso reavivar o amor por ser brasileiro, para que tenhamos ânimo de mudar, cada um a parte que lhe cabe. “Somos muitos e unidos podemos ser muito fortes, mas perdemos a conexão com a pátria. Ainda dá para recuperar, mas precisamos começar hoje”, enfatiza.

Tarsia Gonzalez é psicóloga especializada em Alta Performance em Liderança pela Fundação Dom Cabral. Participou ativamente dos movimentos que levaram a Transpes a ser eleita, por três anos consecutivos, uma das Melhores Empresas para se trabalhar pela revista Você S/A. Hoje, Tarsia viaja o Brasil ajudando a moldar novas lideranças e a reavivar a chama da paixão pelo Brasil em jovens corações.

Publicidade

Fale com a gente pelo e-mail

contato@jornalosertanejo.com.br
Participe com sugestões, dicas, comentários e denúncias.

Enquete

Resultados

Podcasts

Publicidade
Publicidade