11 de Abril de 2018 às 11:47Igor Sorente

Hospital do Amor inicia atividades no Acre ainda este ano


Governador Tião Viana se reuniu com Henrique Prata em Rio Branco.

Em reunião com o governador Tião Viana (PT), o presidente do Hospital do Amor, Henrique Prata, apresentou o cronograma atual das obras e implementação do projeto de sua filial em Rio Branco (AC). Em breve, duas carretas do hospital irão percorrer o Estado e a unidade deve ser finalizada até o fim deste ano.

“Devemos por em funcionamento, em breve, as duas carretas que irão rastrear quase o Estado inteiro para prevenção de câncer de colo de útero e de mama. Depois iremos ter para câncer de pele." -  disse, explicando que as carretas ficarão em um local ainda a ser decidido enquanto o centro de diagnóstico não é concluído.

O governo do Estado foi o responsável pela doação do terreno, avaliado em R$ 10 milhões, onde está sendo construído o hospital. Fruto de um acordo firmado entre o governo do Estado, o Ministério Público do Trabalho e a direção do Hospital do Amor de Barretos, a implantação da unidade de prevenção em Rio Branco teve início em julho do ano passado, com a terraplanagem do terreno, também feita pelo Estado.

“O centro de diagnóstico deve ficar pronto em setembro, então poderemos botar para funcionar a todo o vapor o projeto que foi desenhado para o Acre, em parceria com o Ministério Público do Trabalho e governo do Estado.” - afirmou Henrique.

Na unidade será oferecido à população um programa de prevenção ao câncer e exames diagnósticos de mamografia, ultrassonografia, agulhamento, biópsia, preventivo do câncer do colo do útero e colposcopia, além de procedimentos como cauterização de parede vaginal, curetagem e consultas ginecológicas.

Henrique fala do entusiasmo de sua instituição: “Estamos muito felizes, porque é um projeto que vai ajudar a diminuir muito a incidência avançada do câncer de mama e de colo de útero. Nós vamos mudar essa história de se tratar só câncer avançado. No futuro, o câncer será tratado somente no ambulatório, fazendo com que as pessoas não precisem mais se encaminhar para o hospital, pelo menos nessas especialidades”.

Com informações de O Rio Branco

Publicidade

Fale com a gente pelo e-mail

contato@jornalosertanejo.com.br
Participe com sugestões, dicas, comentários e denúncias.

Enquete

Resultados

Podcasts

Publicidade
Publicidade