20 de Janeiro de 2018 às 16:12Igor Sorente

OMS recomenda apenas uma dose da vacina contra Febre Amarela


Seguindo orientações da Secretaria Estadual de Saúde, do Ministério da Saúde e da OMS (Organização Mundial de Saúde), a Prefeitura de Barretos permanece com o trabalho de imunização contra a Febre Amarela com dose única ao longo da vida, não sendo necessária aplicação de reforço, nem mesmo para quem viajar para outras regiões consideradas de risco

A vacina continua sendo a mesma, mas basta uma dose. A OMS afirma que a dose única da vacina é segura e já usada no mundo todo. E lembra que só pessoas que vivem nas áreas de risco precisam da vacina. Barretos não está entre as regiões identificadas como áreas de risco e, portanto, não receberá o programa de dose fracionada, nem tem previsão de mutirão ou campanha de vacinação indiscriminada.

De acordo com Vanessa Jodas Nunes, coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Barretos a vacina só será administrada para quem não tem nenhuma dose da vacina registrada.