08 de Dezembro de 2017 às 17:30Igor Sorente

Novo índice avalia situação da educação nos municípios

Barretos ocupa a 932º posição, porém está acima da média nacional.


Foi lançado nesta quarta-feira (7) em São Paulo um novo índice que mostra como está a educação nos estados e municípios: o IOEB (Índice de Oportunidades da Educação Brasileira). Ele é uma inciativa do Centro de Liderança Pública com o apoio do Instituto Península, da Fundação Lehmann e da Fundação Roberto Marinho.

De acordo com os dados, o Ceará vai se firmando como bom exemplo. Três cidades do Estado aparecem nos primeiros lugares do índice de oportunidades da educação brasileira.

Barretos ocupa a posição 932º no país com nota 4,9 e está acima da média nacional que é 4,5. 


Índice geral de Barretos passou de 4,5 em 2015 para 4,9 em 2017.

Sobral, no Ceará, aparece em primeiro lugar com 6,1 e já virou referência pelo investimento na qualificação de diretores e professores. Em segundo e terceiro aparecem Frecheirinha e Nova Olinda, ambas no Ceará com 5,9. Nas piores colocações ficaram Caldeirão Grande, na Bahia, (2,4), Primeira Cruz (2,4) e Conceição do Lago Açu (2,1), no Maranhão.

São Paulo é a capital com a melhor colocação, mas atrás de outros 1.386 cidades do país. Com 5,1, São Paulo é o Estado com melhor avaliação seguido de Minas Gerais e Santa Catarina. O Pará ficou em último lugar.

O IOEB foi desenvolvido por Reynaldo Fernandes, ex-presidente do INEP e autor do IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), e por Fabiana de Felicio, que foi diretora de estudos educacionais do INEP.

Os idealizadores explicam que o novo índice é uma soma de vários indicadores. “São indicadores de resultado e têm indicadores de insumos, também. Qualidade dos professores, tempo de jornada na escola das crianças, experiência dos diretores.” - explica Fabiana de Felício, coordenadora do IOBE.

“Nós olhamos nota de prova, olhamos o fluxo - se os alunos estão passando de ano, se têm possibilidade de os menorzinhos em matrícula em educação infantil, e se eles estão completando na idade correta. Então todos esses elementos são capturados no indicador.” - afirma Reynaldo Fernandes.


Publicidade

Fale com a gente pelo e-mail

contato@jornalosertanejo.com.br
Participe com sugestões, dicas, comentários e denúncias.

Enquete

Resultados
Publicidade
Publicidade